É possível corrigir umbigo e panturrilha

Cirurgia plástica no umbigo? E silicone na panturrilha? Sim, homens e mulheres passam cada vez mais a recorrer a procedimentos cirúrgicos para resolver problemas estéticos que, muitas vezes, provocam baixa autoestima.

Onfaloplastia é o nome da cirurgia para correção do umbigo, permitida para quem passou dos 18 anos e está com alguma deformidade que prejudica a estética da barriga, causando constrangimento. Segundo o médico curitibano Alderson Luiz Pacheco, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP),  esse procedimento é mais indicado para pacientes que perderam muito peso, têm hérnia umbilical, fizeram plástica no abdômen ou mulheres após gestação. “Não é uma cirurgia essencial para a saúde do paciente, mas deve ser feita quando esse aspecto se torna desconfortável para o indivíduo”, afirma. A cicatriz fica situada ao redor do umbigo, formando um pequeno círculo na região. O paciente fica no hospital por um dia, no máximo, e a cirurgia demora entre uma e duas horas.

Já a colocação de prótese de silicone na panturrilha é uma intervenção voltada aos homens, público que cada dia mais ocupa a agenda dos cirurgiões plásticos de todo o País. “Muitas pessoas têm desproporção nas pernas comparadas ao resto do corpo. Assim, elas optam pela incisão do silicone no local para corrigir o problema ou até mesmo para aumentar a resistência na região, responsável pela sustentação do corpo”, continua. Ele destaca que, embora sejam próteses de silicone, a intervenção na panturrilha e nas mamas não são iguais. “O material e o formato do gel são diferentes.  Além disso, o silicone na panturrilha é colocado acima do músculo para não comprometer a perna”, explica. São necessários cinco dias de repouso e 45 dias sem exercícios físicos.

Seja qual for seu problema, lembre-se de sempre recorrer a um profissional altamente qualificado. Qualquer dúvida, entre em contato com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www2.cirurgiaplastica.org.br).