Dieta milagrosa não existe! Saiba do que você deve 'fugir'

Em alguns segundos, pense nas dietas que já indicaram para você e que "com certeza funcionam". A busca pela rápida perda de peso leva muita gente a encarar dietas extremamente restritivas, seja de carboidratos, proteínas ou gorduras. Entre os nutricionistas, é consenso que, a médio prazo, nenhuma delas funciona. "O emagrecimento pode existir, mas não é saudável, porque terá deficiência de nutrientes e, com isso, volta do peso", diz Michele Ferro de Amorim, professora do curso de Nutrição no UniCEUB, de Brasília. Confira aqui uma seleção de 10 dietas da moda inusitadas que você não deve seguir.

DIETA DO DR. ATKINS
Deixe frutas, legumes e carboidratos de lado e coma apenas carnes, óleos, manteiga, derivados do leite e um pouquinho de aveia e vegetais. A ideia da dieta do Dr. Atkins é que a baixa presença de carboidrato diminui o estímulo da insulina, um hormônio usado para construir vários tecidos do corpo, incluindo o de gordura. No entanto, o cardápio exagera justamente em gorduras e no colesterol, o que é péssimo a longo prazo. "Ela até funciona para emagrecer, mas pode fazer mal. Não pode ser indicada para quem tem doenças crônicas como diabete, pressão alta ou colesterol alto", diz Carla Piovesan, da PUC-RS.

DIETA DA PAPINHA DE BEBÊ
A papinha de bebê é nutritiva, tem pouca caloria e alimenta bem o bebê, então por que não comer apenas ela em maior quantidade? Celebridades como Lady Gaga e Jennifer Aniston embarcaram nesse regime, segundo o qual é preciso ingerir 14 papinhas por dia mais um prato leve à noite. A ideia, novamente, carece de respaldo científico. "Essas receitas tentam limitar a ingestão calórica do paciente. Eu posso inventar a dieta da abobrinha e do mamão neste momento e a lógica seria a mesma. Mas isso é contra a fisiologia do ser humano adulto, não é bom", diz Carla Piovesan.

DIETA DUKAN
O médico francês Pierre Dukan conquistou o mundo com a dieta que ajudou a princesa Kate Meddleton e a cantora Jennifer Lopez a emagrecerem. A técnica consiste em aumentar o consumo de proteínas, reduzir a ingestão de outros nutrientes e dividir a mudança alimentar em quatro etapas (a primeira faria emagrecer seis quilos em quatro dias). Dukan faturava 100 milhões de euros por ano com a venda de livros, produtos e palestras até o Conselho Federal de Medicina da França cassar sua licença e proibi-lo de exercer a medicina no país. Motivo: fazer promoção comercial de seu regime. Detalhe: ele nunca fez nenhum estudo científico para verificar os efeitos da dieta no organismo.

DIETA DA SOPA
Consiste em alimentar-se apenas de sopas. Há quem alegue ter perdido quatro quilos em uma semana graças à privação de gorduras e de carboidratos e à menor ingestão de proteínas. Mas esse é, justamente, o ponto fraco do regime. "Em uma dieta dessas, você fica privado de outros nutrientes, sente fome, fica entediado com a comida e não aguenta mais do que uma semana", diz Michele Ferro de Amorim, professora de nutrição do UniCEUB, uma das maiores universidades de Brasília.

DIETA DA LUA
Ela parte do pressuposto de que a lua influencia nos líquidos da maré e, na mesma lógica, do nosso corpo. Assim, toda vez que o satélite muda de fase, uma vez por semana, é preciso ficar 24 horas sem comer alimentos sólidos. No entanto, não há comprovação científica da relação entre a lua e nossos líquidos. "Essa dieta deixa a pessoa com déficit de nutrientes. Ela parte do raciocínio de que a mudança vem de fora, de uma dieta mágica, quando na verdade a perda de peso vem de dentro, da mudança da relação da pessoa com o alimento", afirma Carla Piovesan.

DIETA DA SOPA DE REPOLHO
Mais específica do que a dieta da sopa, esta vende a ideia de que a versão de repolho é a mais eficaz. A origem é no filme 'A Fantástica Fábrica de Chocolate', no qual Charlie Bucket e sua família comem apenas sopa de repolho, por serem muito pobres. Há quem diga ter perdido quatro quilos em uma semana (note que muitas dietas prometem essa perda). Novamente, o efeito sanfona ocorre após algumas semanas.

DIETA DA CARNE COM TORANJA
Famosa na década de 1970, essa dieta prega que a ingestão da toranja com uma proteína ajuda na queima de gorduras. A promessa é perder 4,5 quilos em 12 dias. O problema, como todas as outras dietas que não envolvem uma reeducação alimentar e mudança de hábitos, é a enorme restrição. Após alguns dias, o indivíduo se cansa da mesmice dos pratos e volta a comer normalmente.

DIETA DOS SUCOS
Vitaminas são ótimas para o organismo, então por que não se alimentar apenas delas? Esse é o princípio da dieta dos sucos que, no entanto, priva o organismo de outros nutrientes importantes, como proteínas, carboidratos e gorduras. “As vitaminas A, K, E e D, por exemplo, apenas são absorvidas com a presença de lipídios (presentes em óleos e gorduras)”, afirma Carla Piovesan.

DIETA DA MASTIGAÇÃO
A dieta é baseada no princípio do médico norte-americano Horace Fletcher, que ficou conhecido no fim do século 18 e início do século 19 como o grande mastigador. A ideia do regime é mastigar 32 vezes cada pedaço que colocamos na boca até ele ficar líquido. Parte da ideia faz sentido, sim: nutricionistas recomendam mastigar bem a comida. "O cérebro demora para perceber que o estômago está satisfeito e mandar o estímulo para que nos sintamos satisfeitos", diz Carla Piovesan, professora de nutrição da PUC-RS. No entanto, a dieta é cansativa e de baixa adesão. Vale mais ficar com o hábito de alimentar-se devagar e apreciar o prato.

DIETA DA TÊNIA
Ingerir um ovo de tênia dentro de uma cápsula para ela crescer e se alimentar do que você come é uma dieta obscura que promete emagrecimento. Após atingir o peso desejado, o indivíduo tomaria um medicamento para matar o verme. Famosa no início do século 19, ela ganhou projeção graças aos relatos de que a cantora de ópera Maria Callas perdeu bastante peso com a técnica. Os perigos, no entanto, são altíssimos: a tênia pode atingir nove metros e causar dores de cabeça, problemas nos olhos, meningite, epilepsia e demência. Hoje, o regime é piada entre os profissionais da saúde.

Entendeu que esse tipo de dieta não faz bem à saúde, mas ainda deseja perder peso antes da chegada do verão? Não se preocupe, nós indicamos os melhores nutricionistas pra você em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui! Em outra região, clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal