Dentes mais claros, quem não quer?

Clarear os dentes figura no topo das preferências por quem deseja melhorar a estética mostrando um sorriso mais branco possível. Sem orientação adequada, porém, o tratamento pode não ter os resultados esperados. O cirurgião dentista Fabio Auad Palermo, de São Paulo, diz que o clareamento normalmente não deixa aparência artificial por ser diferente de branqueamento.

“As pessoas confundem um pouco. Clareamento significa diminuir o tom do amarelado, dar um aspecto de higienização maior e um aspecto de clareamento, porque dentes brancos não são muito comuns”, explica. Segundo ele, normalmente a pessoa pensa que o procedimento vai deixar os dentes brancos, mas o que ocorre é que os dentes ficam mais claros e sem as temidas manchas causadas por fumo ou café, por exemplo.

Cada sessão dura, em média, 40 minutos. Palermo recomenda um espaço de tempo entre quatro e seis meses para outra aplicação. “Depende também do grau de sensibilidade que pode ocorrer de paciente para paciente”, afirma.

No Brasil, apenas o laser não pode ser usado para o clareamento. Para esse tipo de procedimento são usados o LED ou o LED associado ao laser, mas depende do tipo de produto utilizado pelo dentista. Não há contraindicações para o tratamento, mas Palermo alerta que o gel é um pouco agressivo e pode causar queimaduras se encostar nos lábios ou na gengiva. Não é indicado para menores de 13 anos.

Respeitada a faixa etária, geralmente, qualquer pessoa pode se submeter às sessões de clareamento dental, porém, se houver alguma restauração em resina nos dentes da frente é indicado trocá-las após o procedimento, porque a restauração em resina não clareia, alerta o especialista.

Também existe um tratamento caseiro para tirar manchas amarelas ou escuras dos dentes. A moldeira de silicone (popularmente conhecida como capa de silicone) é usada com um gel clareador, como o peróxido de carbamida ou o peróxido de hidrogênio. Tanto o gel quanto a placa são vendidos em lojas e pela internet, mas é preciso recorrer ao dentista para assegurar que o tratamento caseiro trará os resultados desejados. A moldeira deverá ser feita de acordo com o tamanho e as formas dos dentes. 

Após fazer a moldeira no consultório, é necessário comprar o gel, aplicar na plaquinha e encaixá-la na boca. Conforme Palermo, o ideal é permanecer com essa capa por duas horas diárias, removendo a cada meia hora, para adicionar mais gel para clareamento, por um período de uma semana.

Esse tratamento caseiro pode ser mais barato do que muitas sessões de clareamento dental, porém, pode não ser tão eficaz para acabar com as manchas acinzentadas ou marrons causadas pela ingestão de antibióticos, como tetraciclina, na infância. Nestes casos, a recomendação é colocar facetas de porcelana.