Ainda dá tempo de mudar de rotina e arrasar no verão

Você quer ter mais saúde, perder peso e ter disposição no verão? Calma que ainda dá tempo. Não há milagres, mas o especialista em nutrição otimizada pela Universidade Estadual de San Diego, Rodrigo Polesso, indica algumas pequenas mudanças que podem ser feitas na alimentação e na rotina que resultam em alguns quilinhos sem prejudicar a saúde. "A questão é não focar apenas no seu corpo daqui a 30 dias, mas, sim, tomar uma decisão agora de mudar seu corpo permanentemente e viver com uma saúde de ferro. É fazer uma decisão realmente de estilo de vida, de se tornar uma pessoa mais saudável e em forma, pra sempre", indica o profissional. 

ALIMENTOS COLABORADORES
A primeira mudança é focar na boa alimentação: "Os alimentos colaboradores são estes que tem efeito acelerador nesse velocímetro do emagrecimento e estes são os que chamo de alimentos reais, como carnes, ovos, peixes, frutos do mar, folha, legumes, nozes e castanhas. 

GORDURAS BOAS
Troque os óleos vegetais, de porco ou margarina por óleos mais saudáveis, como manteiga (com moderação), óleo de coco e azeite de oliva.

EVITE AÇÚCARES E MASSAS
O açúcar causa diversos problemas no organismo, e um deles é o ganho de peso. Já a farinha de trigo, presente em pães e massas, por exemplo, tem alto índice glicêmico, ou seja: se transforma em glicose muito rápido e causa fome novamente em pouco tempo. O mesmo vale para qualquer alimento processado e industrializado. "Se você foca nos alimentos reais, terá resultados mais rápidos de saúde e também de emagrecimento, sem passar fome e sem correr o risco de viver o efeito sanfona", diz Polesso.

EVITE DIETAS RADICAIS
Dietas milagrosas, que prometem grande perda de peso em pouco tempo, mas que são focadas em apenas alguns alimentos e excluem muitos outros do cardápio causam um grande mal na saúde. "Toda dieta radical tende a gerar o efeito sanfona, onde a pessoa volta a ganhar o peso perdido logo que sair dessa dieta e pior ainda, irá fazer com que o corpo perca peso mais dificilmente na próxima tentativa. Isso sem contar as sensações de fome, falta de energia, estresse e perda de disposição", explica o especialista.

MAIS DISPOSIÇÃO, MAIS EXERCÍCIOS
Ao ingerir mais alimentos 'de verdade' na dieta e evitar produtos processados, refinados e industrializados, o corpo responde com mais saúde e mais disposição. "Logo, você pode se quiser, adicionar atividades físicas como estilo de vida, simplesmente porque você sente vontade (e não por obrigação). Com isso, você estará no caminho sem volta de pura saúde, disposição, energia e boa forma, tendo mais qualidade de sono, energia para trabalhar com mais qualidade. Ou seja, cuidando do seu corpo de dentro pra fora (com a alimentação) a pessoa consegue regular as outras áreas que contribuem para uma vida equilibrada e saudável", finaliza o nutricionista.

Gostou das dicas, mas acredita que necessita de uma recomendação profissional antes de iniciar sua dieta? Encontre os melhores nutricionistas em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui! Em outra região, clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal