Unhas são porta de entrada de doenças

O simples ato de fazer as unhas em salões de beleza pode representar alto risco de contaminação por doenças graves, como hepatite, infecções, micoses e até HIV, tanto para a clientela quanto para as manicures e pedicures. Por isso, é de vital importância verificar se os materiais e produtos estão bem higienizados e dentro de saquinhos, se o estabelecimento possui autoclave e se as profissionais usam luvas, por exemplo. Mas nada é melhor e mais sensato do que levar o próprio kit para garantir maior segurança à própria saúde.

De acordo com Andreia Schunck, pesquisadora e enfermeira doutora do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, responsável por pesquisa realizada entre 2006 e 2008 no município de São Paulo, foi verificada incidência de 10% de casos de hepatite B nas profissionais, ou seja, o dobro da encontrada na população em geral. “A pesquisa foi realizada 50% em salões em áreas nobres e 50% em salões de bairro. A constatação foi que nenhum dos salões visitados estava 100% adequado no quesito higienização dos equipamentos”, afirma.  

Segundo ela, basta um alicate de unha mal higienizado, uma lixa ou palito contaminados para que haja a transmissão de doenças, como hepatite e micose. “Caso não haja acompanhamento médico e tratamento adequado, ao longo de 10 ou 15 anos, profissionais ou clientes contaminados podem desenvolver doenças como cirrose, câncer de fígado ou HIV e morrerem sem ter ideia exata da causa”, explica.

As micoses, diz a especialista, estão entre os menores problemas. “Micose tem cura, mas é uma doença de difícil tratamento e pode levar meses para ser eliminada”, complementa. Andreia também faz um alerta para quem tem o costume de compartilhar alicates, cortadores de unhas, lixas e palitos com pessoas da família. “Também existe o risco alto de contaminação por vírus e fungos entre familiares”, destaca. Portanto, enfatiza que ninguém deve compartilhar esses acessórios e sempre que for a salões levar o próprio kit.  

Repasse essas dicas com amigos e parentes. Todos nós precisamos ficar vigilante para evitar problemas de saúde.

Gostou das dicas?

Encontre salões de beleza em São Paulo clicando aqui!

Está no Rio de Janeiro? Clique aqui!

Outra região? Clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal