Crianças exigem cuidados extras na praia

Férias e praia é uma combinação perfeita. Mas com as altas temperaturas é importante tomar cuidados básicos como proteção e hidratação. Mas, quando se diz respeito as crianças, essa atenção deve ser redobrada. 

De acordo com o pediatra e neonatologista Jorge Huberman, um cuidado importante no calor e que poucos pais observam refere-se às vestimentas das crianças: “Roupas de algodão, linho ou claras são as ideais. Evite as de fibras artificiais, pois elas esquentam mais. Mesmo saindo no horário correto não  esqueça de usar o protetor solar indicado pelo pediatra da criança. Boné e óculos são bem vindos também”. 

Quando estão na praia, as crianças costumam esquecer de comer. Os pais devem estar atento porque não é saudável ficarem de estômago vazio. Os especialistas recomendam muita água, sucos e água de coco, gelatina, picolés de frutas e as próprias frutas, como melancia, melão, laranja e abacaxi, que possuem grande quantidade de água em sua composição. Vale lembrar que a criança deve ingerir líquido de meia em meia hora para não desidratar. E na hora das refeições escolha sempre legumes para compor os pratos. “Eles são ricos em água e de fácil digestão", afirma o pediatra.

Claro que o sol faz bem à saúde, desde que seja no horário adequado (até às 10h e depois das 16h) e o filtro solar é indispensável, independentemente da idade da criança.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o filtro solar deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição ao sol. Primeiro passe uma camada espessa do produto, que tem que ser reaplicado a cada duas horas ou após entrada na água ou transpiração excessiva.

E para que as férias não tenham nenhuma surpresa desagradável não esqueça a segurança. Ao chegar procure um posto salva-vidas e pegue uma pulseirinha de identificação, na qual deve ser colocado o nome da criança, do responsável e um telefone para contato.

"O tempo quente é um dos responsáveis pelo aumento nos casos de virose, diarreia e desidratação, por isso os pais precisam ficar atentos quanto à exposição delas ao sol. O hábito de sair sempre com uma garrafinha de água, suco ou água de coco para hidratar o filho e evitar o refrigerante já é um começo”, afirma o pediatra.