10 destinos baratos para viajar

Há alguns meses atrás, o Dubbi fez um texto sobre os doze lugares mais baratos para viajar em 2016 com a alta do dólar americano e a desvalorização do real. Hoje, nós adicionamos mais dez destinos à lista para inspirar sua próxima viagem e ajudar quem está apertado com o orçamento, mas não quer deixar de viajar pelo mundo.

1.    Argentina
A América do Sul é sempre uma excelente alternativa para quem quer viajar sem gastar muito. A Argentina é um desses destinos que encanta qualquer turista não apenas pelos preços acessíveis devido à sua moeda desvalorizada e pela facilidade de acesso, mas também porque reúne muito charme e cultura, que podem ser apreciados com uma boa taça de vinho. Em lugares como Mendoza, importante centro viticultor, você pode gastar menos de R$50 por dia (ou cerca de R$70 se quiser mais conforto e luxo); já em Buenos Aires, parada obrigatória para qualquer pessoa que visita o país, é possível gastar até R$100 por dia.

2.    Rússia
Poucas pessoas sabem disso, mas a Rússia é um dos países mais baratos para viajar. Esse, no entanto, não é o único atrativo do lugar – em cidades como São Petersburgo, o turista se encantará com a presença de uma cultura extremamente rica, com prédios de importantes valores arquitetônicos e históricos e um dos maiores museus de arte do mundo, onde pode-se gastar menos de R$60 por dia. Já Moscou, capital russa, reúne mais de 800 anos de história, presentes em suas belíssimas e sofisticadas construções, onde não se gasta mais que R$100 por dia.

3.    Colômbia
Já se foi a época em que a Colômbia era apenas lembrada por seu passado violento que lhe dava má fama; hoje, o país é considerado um dos principais destinos históricos e turísticos da América do Sul. Sua capital, Bogotá, é um ótimo exemplo disso – uma cidade multicultural, concentra atrações que vão desde as mais tradicionais até as mais modernas, e os gastos diários não ultrapassam R$80. Outra cidade muito popular, principalmente entre os mochileiros, é Medellín, cuja vida noturna é famosa por ser agitada, mas mantém uma faixa baixa de gastos, que varia entre R$40 a R$60 por dia.

4.    Croácia
A Croácia é um daqueles destinos que consegue reunir uma abundância de cultura e história, juntamente com algumas das mais belas paisagens naturais do mundo, portanto, é uma surpresa que seja tão acessível para viajar pelo país. A capital Zagreb, por exemplo, é uma metrópole vibrante que oferece várias atrações históricas e também modernas, sendo considerada o coração da cultura croata, onde não será necessário gastar mais que R$100 por dia; já a cidade de Zadar possui um ar mais tranquilo e pitoresco, mas é também muito cultural e artística, com gastos giram em torno de R$80 por dia.

5.    China
Apesar de o país estar localizado muito longe do Brasil e as passagens de avião não serem as mais baratas, uma vez lá, a China tem inúmeras opções de cidades e atrações que oferecem preços baixíssimos, fazendo deste um dos destinos mais acessíveis do mundo. Em lugares como Hangzhou, Nanjing, Zhuhai, Suzhou e Cantão, onde você poderá visitar cenários bucólicos, impressionantes construções e inúmeros templos, a média de gastos diários não passa de R$70; já em Pequim e Xangai, que são mais cosmopolitas e abrigam alguns dos principais atrativos, os gastos sobem para R$100 por dia, mas não passam muito dessa faixa.

6.    Chile
Um dos países mais diversificados e fascinantes do mundo, o Chile conta com paisagens extremas que vão desde a gelada Cordilheira dos Andes até o deserto mais árido de todos. Os preços também atraem muito os turistas – para visitar uma de suas principais cidades, como Valparaíso, com seu ar boêmio e charmoso, rodeado por morros e belas vistas, você não precisará gastar mais que R$70 por dia; já na capital Santiago, que surpreende com um cenário que mistura modernidade com a natureza que a cerca, os gastos podem subir para R$110 por dia, mas que, comparado a outras grandes metrópoles, continua muito acessível.

7.    Polônia
Para qualquer amante de história, a Polônia é o destino perfeito – os rastros deixados pela Segunda Guerra Mundial estão ainda fortemente presentes e são facilmente visíveis em suas construções históricas, como palácios, castelos, monumentos, catedrais, entre outros. Na cidade de Varsóvia, por exemplo, que foi alvo de dois grandes ataques nazistas, a reconstrução para reparar os estragos segue até os dias de hoje, sendo possível observar o contraste da “Cidade Velha” e a “Cidade Nova” sem precisar gastar mais de R$100; já em Cracóvia, que abriga inúmeros tesouros históricos, os gastos diários diminuem para R$70.

8.    Peru
Outro destino ideal para quem gosta de lugares repletos de história e cultura é o Peru, pois reúne em um só lugar resquícios da civilização mais antiga da América do Sul e coleções de relíquias coloniais espanholas capazes de encantar até o viajante mais experiente. Em Cusco, cidade histórica e porta de entrada para o famoso e imponente Machu Picchu (que não está incluso nos gastos diários), você deverá gastar em média R$110; os gastos são menores na capital Lima, cerca de R$80 por dia, mas não significa que deixa a desejar no quesito de beleza e história, abrigando diversos parques, museus, palácios e ruínas.

9.    Turquia
Com uma excelente infraestrutura turística, belíssimas praias à beira do Mediterrâneo, um povo receptivo e muito amigável e preços acessíveis, a Turquia já se tornou queridinha dos brasileiros. Com apenas R$90, por exemplo, você poderá conhecer Istambul, a única cidade do mundo dividida entre dois continentes e que conta com uma riquíssima história de mais de 2.500 anos; já na exótica Antália, conhecida ainda como a Riviera turca, uma vez que respira muito charme e glamour com suas águas azuis-turquesa e montanhas de origem vulcânica que emolduram sua paisagem, é possível gastar apenas R$85 por dia.

10.    Brasil
Dona de uma abundância de riquezas, sejam elas naturais, como algumas das mais belas praias do mundo, ou históricas e culturais, não há motivos para não incluir o Brasil nessa lista. Apesar de muitos dos destinos principais do país serem considerados caros, como São Paulo e Rio de Janeiro, existem vários outros locais que oferecem preços acessíveis dependendo da época da viagem e contam ainda com algumas das mais belas paisagens brasileiras, como são os casos de Porto Alegre, Florianópolis, Ilha Grande, Belo Horizonte, Ubatuba e Itacaré, cujos gastos diários podem variar de R$70 a R$120.