Rugby ganha novos adeptos no Brasil

  Antes confundido com o futebol americano, o rugby já possui identidade formada no Brasil. Pesquisa recente da consultoria Deloitte, realizada com 700 brasileiros, aponta que a modalidade é a que mais vai crescer no país. Dos entrevistados, 22% afirmam ter vontade de conhecer e praticar a modalidade. Fato é que o esporte está se desenvolvendo por aqui em todos os sentidos.

  De acordo com Virgílio Franceschi Neto, gerente de comunicação da Confederação Brasileira de Rugby, esse crescente interesse das pessoas pelo rugby tem vários motivos. “O esporte está cada vez mais presente nas escolas de primeiro grau e também na televisão. O interesse da mídia é reflexo do crescimento da modalidade, sinal forte de que há mercado consumidor para o rugby”, analisa.

  Mesmo sendo um esporte desconhecidos para muitos, há federações estaduais em nove estados (RS, SC, PR, SP, RJ, MG, MS, BA e PE), todas com seus respectivos campeonatos. Há também a Liga Nordeste (Nordeste do Brasil), Liga Norte (Norte do Brasil) e Pequi Nations (Centro-Oeste). “São, ao todo, 180 equipes filiadas a entidades de administração do rugby no Brasil, sejam ligas ou federações. Além dessas, há mais cerca de 100 agremiações. O rugby está presente em todos os estados do Brasil: há 10 anos era apenas em sete”, exalta Neto.

  Apesar das boas perspectivas e crescentes resultados do esporte no Brasil, os organizadores têm consciência que ainda há muito trabalho a ser feito para o rugby cair no gosto popular. “Entendemos que o rugby ainda é pequeno no Brasil em relação aos outros esportes. Mas hoje o interesse é muito maior do que anos atrás. Por isso, trabalhamos firme para popularizá-lo em duas frentes: proporcionar aos jovens a oportunidade de conhecer cada vez mais o esporte e investir em competições empolgantes que atraiam público e contribuam para a formação de seleções nacionais competitivas com bons resultados conquistados”, explica.

  Atualmente, este movimento está cada vez mais intenso. Os organizadores buscam levar o rugby até as escolas, organizar festivais e campeonatos para iniciantes, sempre fundamentando valores do esporte, que consistem em disciplina, paixão, integridade, solidariedade e respeito.

  “Além deste projeto, o Sesi-SP, Sesi-SC e Sesi-MG em parceria com o British Council e a Premiership (primeira divisão do esporte na Inglaterra) desenvolvem o Try Rugby, que promove a visita de profissionais ingleses ao Brasil para implementar o rugby nas unidades do Sesi espalhadas por esses estados”, completa o gerente de Comunicação da Confederação Brasileira de Rugby.

  Para quem já conhece e gosta ou para quem está curioso em saber mais sobre regras, história e onde praticar o rugby, há vários meios com muita informação sobre o esporte. Entre eles, o site da Confederação Brasileira de Rugby (www.brasilrugby.com.br) e seus canais no YouTube (www.youtube.com.br/brasilrugbyvideos) . Além destes, você pode acessar o portal de notícias do rugby nacional no www.portaldorugby.com.br e a webradio em  www.soundcloud.com/radiorugbyclube.