Rafting é o programa ideal para o feriado!

O feriadão de Tiradentes está chegando e que tal aproveitar os dias de folga com um programa radical? O rafting é uma grande opção para quem procura ação e muita adrenalina ao lado de seus amigos e parentes. Por sorte, o que não falta no Brasil são rios que permitem a prática do esporte. Tudo o que eles precisam é serem bem localizados, contarem com algumas corredeiras em um mesmo trecho e, claro, uma infraestrutura local adequada. Para você que se animou com a ideia, preparamos uma lista com alguns dos melhores lugares para se praticar rafting no Brasil. Confira!

Rio Jacaré-Pepira - Brotas/São Paulo
Brotas é considerada a referência da prática do rafting no Brasil. A descida do Rio Jacaré-Pepira dura cerca de três horas, com o nível de dificuldade variando entre e fácil e médio. Em um dia de sorte, você tem a chance de ver parte da fauna local, que inclui capivaras, macacos, tucanos e outras aves.

Rio Pardo - Caconde/São Paulo
A cidade de Caconde é um importante destino radical paulista. Quanto aos rafting, a atividade é praticada nas corredeiras do Rio Pardo, um dos poucos pontos regionais dedicados ao esporte. São 7 km de percurso, dividido entre trechos de corredeiras mais violentas e remansos. O local foi batizado como o "ponto do rafting" graças ao seu nível de água, cuidadosamente regulado e controlado pelas comportas da Represa Caconde.

Rio Bananal - Santa Rita de Jacutinga/Minas Gerais
O Rio Bananal possibilita o rafting tanto pra quem já tem experiência no assunto quanto pra iniciantes. A descida dura cerca de 2 horas e os meses de chuva, entre outubro e maio, são os mais indicados pra prática.

Rio Formoso - Bonito/Mato Grosso do Sul
O município de Bonito, localizado em Mato Grosso do Sul, é o destino ideal para quem está iniciando no rafting: o Rio Formoso, mais famoso e conhecido da região, possui corredeiras calmas e tranquilas, classificados como sendo do nível II. Durante o percurso de 7 km, é possível aventurar-se e, simultaneamente, contemplar a beleza e transparência das águas. O roteiro é formado por cachoeiras e corredeiras.

Cataratas do Iguaçu - Foz do Iguaçu/Paraná
Com cerca de duas horas de duração, o rafting em Foz é dividido em três etapas: na primeira parte, os aventureiros enfrentam ondas com até 1,5 metros de altura; na segunda etapa, 600 metros após o início, existe um surpreendente precipício e, por fim, na terceira parte o esportista curte a calmaria das águas do Rio Iguaçu.

Rio Itajaí-Açu - Apiúna/Santa Catarina
Um dos melhores destinos pros praticantes de rafting da Região Sul, o Rio Itajaí-Açu tem trechos pra praticantes experientes ou iniciantes, e, graças ao volume de água, pode ser explorado durante todo o ano.

Rio Paranhana - Três Coroas/Rio Grande do Sul
Com um cenário cinematográfico com direito a águas cristalinas, o Rio Paranhana é uma boa pedida para praticantes de todos os níveis. Além do rafting diurno, é possível realizar a descida do rio no período noturno. Este, por sua vez, é recomendado às pessoas que já possuem uma certa intimidade com o esporte, visto que os obstáculos são mais intensos. O percurso, que dura cerca de duas horas, tem paradas para banhos e mergulhos. 

Rio das Contas - Itacaré/Bahia
Conhecida por suas belas praias, Itacaré, na Bahia, também é um bom destino pra quem é fã de rafting. A descida do Rio das Contas é linda, cercada por paredões que chegam a até 10 metros de altura e é possível aventurar-se em cinco diferentes corredeiras: carrossel, fumo, funil, polonês e salto da pancada.

Se animou com a ideia e decidiu explorar seu "lado selvagem"? Antes disso visite lojas especializadas em rafting em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui! Em outra região, clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal