Baterias de celular: acabe com os mitos

Muito se fala sobre carregamento de baterias, inclusive mantendo mitos do passado. Por isso achamos melhor tirar dúvidas sobre o assunto com Rafael Lucas, sócio-diretor da iDream, rede de assistência técnica e comércio de acessórios para celulares e tablets.  Veja aqui o que ele revela sobre o assunto:

Mitos

  • É preciso deixar a bateria carregar integralmente antes de desconectá-la da rede elétrica: isso não é verdade, as baterias de lítio teoricamente não sofrem efeito memória. Têm capacidade para determinada quantidade de ciclos - cada ciclo equivalendo a uma carga completa - e a inteligência de contar, por exemplo, uma carga de apenas 50% como apenas metade de um desses ciclos, e não como um ciclo completo. Então, não é preciso esperar descarregar completamente para iniciar nova carga, ou esperar que a carga esteja completa para desconectar o aparelho da tomada.
  • Não se deve manter o aparelho permanentemente conectado na rede, porque isso estragaria a bateria: também não tem fundamento. Os aparelhos atuais são projetados para, quando a carga da bateria estiver completa, passarem a usar a energia diretamente da rede, e assim não sobrecarregar a bateria.
  • As atuais baterias duram menos que aquelas utilizadas nos aparelhos de alguns anos atrás: elas têm até maior capacidade de carga, mas também apresentam muito mais recursos, que consomem mais carga: consumo de vídeos, acesso contínuo à rede, telas maiores e com maior resolução, entre outros.

Verdade

  • À medida em que se aproxima do total de seus ciclos a bateria vai perdendo a capacidade de reter toda a carga para a qual foi projetada: Sim. A bateria de um iPhone, por exemplo, tem capacidade para cerca de 500 ciclos. Estimando-se média de uma carga completa por dia, isso equivale a aproximadamente 1,5 ano de vida útil.
  • Baterias devem ser sempre guardadas carregadas: Sim, especialmente quando ficarão paradas por longos períodos. E nunca se deve guardar uma bateria totalmente descarregada.

Mas Lucas ressalva: é sempre importante ler o manual de instruções dos fabricantes, pois ninguém melhor do que eles para informar a maneira mais correta de utilização dos dispositivos. E tem uma dica para quem precisa ter seu celular ou tablet sempre pronto para o uso, mas não pode mantê-lo ininterruptamente conectados à rede elétrica: as cargas externas, capazes de fornecer cerca de cinco cargas completas para o aparelho.