Saiba como se tornar modelo profissional

  Se a sua vontade é ser modelo, estampar a capa de revistas, catálogos de moda e desfilar nas passarelas, saiba que o seu sonho é o mesmo que o de muitas outras meninas e meninos. Portanto, isso significa que esse é um caminho concorrido, que exige que você se destaque, tenha muita disciplina, fotos de qualidade e consiga uma boa agência.

  Para ingressar na carreira de modelo é necessário fazer um book, ter bons contatos e se relacionar com profissionais de moda ligados aos desfiles e às agências de casting, que selecionam os modelos. Pensando em todas essas variáveis, separamos algumas dicas para você se orientar e entrar com o pé direito nas passarelas. 

1 - Agências

Nem todo mundo tem a sorte de ser “descoberta” por um agente na fila do supermercado e ser colocada imediatamente nas passarelas. Portanto, o melhor caminho é pesquisar agências de modelos profissionais para preparar seu book e fazer contatos. Muitas agências oferecem o serviço de produção de fotografias para montar o portfólio dos candidatos à profissão. Todas cobram pelo serviço. O modelo ganha pelo trabalho contratado e parte do cachê ficará para a agência. Na dúvida, pesquise agências comentadas em blogs e redes sociais e converse com profissionais da área para pedir orientações.

2 - Perfil

Foi o tempo que para ser modelo era preciso ser esquelética e desnutrida. Sim, as pessoas com biótipos consagrados no mundo da moda - alta, magra e com traços suaves ou exóticos - são sempre valorizadas. Mas esse mercado também evoluiu e, cada vez mais, abre oportunidade para diversos biótipos. Há espaço para modelos plus size também. E existem possibilidades para o modelo comercial e o modelo fashion. O modelo comercial abrange todos os perfis, que vão de crianças a idosos, nos mais diversos tipos físicos. Já o modelo fashion é especificamente o de passarela e trabalhos da alta costura, para os quais ainda exigem o perfil com peso, altura e medidas exatas para desfiles e demonstrações das peças. Neste caso, exige-se idade superior a 15 anos e mais que 1m73 de altura no caso das mulheres e 1m83 para os homens.

3 - Concursos

Esses eventos são excelentes oportunidades e podem garantir visibilidade, além de abrir portas à profissão. Os concursos de modelo podem garantir contratos de exclusividade e experiências internacionais. Esteja sempre atento a essas oportunidades. Se você conseguir se destacar no meio de tantos candidatos, seja extremamente profissional e se cerque de orientações para saber se a empresa que oferece o contrato é idônea. Autoconfiança e suporte familiar são indispensáveis para dar os primeiros passos no caminho da fama.

4 - Glossário da profissão

Veja uma lista para ajudar as modelos em potencial a entender o vocabulário:

  • Scouter: Descobridor de novos talentos, também apelidado de olheiro.
  • Booker: Agente intermediador entre a modelo e a firma contratante.
  • Book: Álbum com as melhores fotos elaboradas por um fotógrafo profissional. Também chamado de portfólio.
  • Polaroid: Foto crua da modelo, sem retoques.
  • Composite: Cartão de apresentação com fotos e medidas.
  • Casting: Visita a um possível trabalho. É imprescindível apresentar o book.
  • Fitting: Prova de roupas que antecede a um trabalho.
  • Editorial: Sessão de fotos temáticas para um site ou revista.
  • Lookbook: Catálogo fotográfico elaborado para divulgar as peças de uma coleção ou marca.
  • Parceria: Nome utilizado para serviços não remunerados que servirão para divulgar a modelo ou o fotógrafo, ou ambos. 

Se possível, envolva sua família nesse início de carreira. Afinal, pessoas mais experientes e amigas costumam ter boas referências para não deixar você entrar em fria.