Melhore ambiente de casa com feng shui

  Cores, disposição dos móveis, dimensões de janelas e de outros espaços de observação e ventilação: essas e outras características de um ambiente interferem na disposição e na saúde daqueles que ali vivem ou transitam. Ao intervir nesses fatores, preconiza o feng shui, é possível favorecer o bem-estar das pessoas e auxiliá-las a atingir seus objetivos.

  Tradicionalíssimo no Oriente, o feng shui tem seus preceitos hoje integrados também aos projetos de muitos arquitetos e decoradores ocidentais. Em sua vertente mais tradicional, considera principalmente as características estruturais de um imóvel, destaca Silvia Sacramento, consultora e diretora da escola Ming Tang, que há mais de 20 anos oferece cursos de feng shui. "A análise começa pela parte externa, incluindo seu relacionamento com a vizinhança, e depois vai para as áreas internas", descreve.

  Todo imóvel, ela destaca, tem características positivas e negativas: o feng shui, obviamente, busca potencializar as primeiras, e pode ser aplicado tanto em imóveis residenciais quanto comerciais. Nos lares prioriza os fatores favoráveis à saúde, ao bem-estar espiritual e mental e aos relacionamentos dos moradores, enquanto nos comerciais busca potencializar a geração de negócios e lucros (sem, porém, esquecer que quem ali trabalha também precisa se sentir bem). "Nesse processo analisamos fatores como insolação, ventilação, aproveitamento dos espaços", detalha.

  Os benefícios proporcionados por essa prática, ela  complementa, fundamentam-se na harmonização dos cinco elementos aos quais a filosofia chinesa clássica atribui a existência do mundo material: água, madeira, fogo, terra e metal - básicos também na acupuntura e em outras práticas da medicina oriental tradicional.

  Caso em um ambiente seja necessário fortalecer o fogo, por exemplo, o feng shui recomenda que ali seja incluída uma cor qualificada como 'quente'. "Mas é importante lembrar que o feng shui trabalha com a conjugação dos extremos - sem muito yin nem muito yang – e, por isso, colocar uma cor quente não deve significar preencher tudo dessa forma", observa a consultora.

Busque, então, esse equilíbrio e boas energias em seus locais de moradia e de trabalho.