Gosta de cozinhar? Então tem que ler esses livros

Para aprender a cozinhar, mais do que simplesmente ir para a cozinha e começar a mostrar o seu talento, você precisa estudar. E, para isso, selecionamos alguns livros fundamentais para isso. Nesta lista, nenhum lançamento, apenas livros que ganham lugar de destaque na cabeceira de quem admira essa arte. Tem livro sobre comida e bebida, obras mais sérias e outras mais descontraídas, títulos curtos e longos. Em comum, todos são leituras deliciosas, ótimos para descansar a cabeça e aprender coisas novas. Também nada de livros de receitas, e sim histórias, livros reportagem, crônicas e pensatas.  

O HOMEM QUE COMEU DE TUDO
A escrita de Steingarten, crítico da revista 'Vogue' nos Estados Unidos, é deliciosamente inconfundível. Com ironia mordaz, humor e rigoroso método paracientífico, o autor não nos deixa desgarrar do livro. Vamos com ele por suas viagens pelo mundo atrás de tudo que se come. Viagens recheadas de histórias, informações, impressões pessoais. E nada nunca soa pedante. Autor: Jeffrey Steingarten. Editora: Companhia de Bolso (R$ 55,90). 

VINHO E GUERRA
A história fascinante de como os produtores de vinhos franceses resistiram aos nazistas e tudo o que fizeram para esconder suas melhores garrafas. Interessante, comovente. Autores: Don e Petie Kladstrup. Editora: Zahar (R$ 49,90). 

CARÊME, O COZINHEIRO DOS REIS
O livro pode ser lido como a vida do chef. Ou como uma história da Revolução Francesa contada a partir da vida de um chef. Ou ainda como a história do surgimento de diversos aspectos da gastronomia, por meio da vida de um chef. Depende da sua capacidade de concentração nas férias. Autor: Ian Kelly. Editora: Zahar (R$ 59,90). 

CALOR
Buford teve a ousadia de trocar a rotina de jornalista da revista 'The New Yorker' por uma temporada na cozinha do estrelado Babbo, de Mario Batali. Não satisfeito, quis beber nas mesmas fontes do chef. Foi várias vezes à Itália aprender as receitas na sua origem. Calor é o resultado dessa louca e deliciosa aventura gastronômica. Autor: Bill Buford. Editora: Companhia das Letras (R4 62,90). 

O CLUBE DOS ANJOS – GULA
Deste best-seller dos anos 1990, ficam na memória os encontros gourmets em torno do fugu, o célebre peixe japonês, que, se cortado de forma errada, pode ser mortal. O livro é o talvez mais bem-sucedido de uma coletânea que dedicou um volume a cada um dos sete pecados capitais. No caso, evidentemente, trata-se da gula. Saboroso e esperto como as crônicas do autor. Autor: Luis Fernando Veríssimo. Editora: Ponto de Leitura (R$ 34,32). 

COZINHA CONFIDENCIAL
Atrás de um restaurante cheio há sempre uma cozinha cheia de pecados. Neste livro, o chef Anthony Bourdain expõe as vísceras das cozinhas profissionais, amparado em sua experiência pessoal em Nova York. Criou polêmica entre os pares do cozinheiro quando lançado, mas também deu de comer aos leitores comuns esfomeados por bastidores e histórias sórdidas escondidas do outro lado do balcão. A leitura flui fácil, no ritmo vibrante da sua prosa pop. Autor: Anthony Bourdain. Editora: Companhia das Letras (R$ 59,90). 

COMO COZINHAR SEM RECEITAS
Glynn Christian, neozelandês radicado na Inglaterra, é um misto de gourmet, cozinheiro, escritor e apresentador de TV. Sua trajetória eclética permitiu que ele bolasse um daqueles livros de cozinha que almejam mais transmitir o entendimento de princípios do que a simples assimilação de fórmulas. Fazer comida, para ele, é mais divertido quando se aprende o que combina e o que não combina; como se constrói o sabor; como o calor, os condimentos e outros parâmetros funcionam cientificamente. Com um texto bem-humorado, Christian apresenta uma tonelada de informações aos leitores e decreta: improvisar é possível e desejável. Desde que você tenha consciência do que está fazendo. Autor: Glynn Christian. Editora: Gutenberg (R$ 30,33). 

COZINHAR, UMA HISTÓRIA NATURAL DA TRANSFORMAÇÃO
Jornalista e ativista, Pollan é uma das mais influentes vozes no mundo quando o assunto é comida. Seus livros têm uma missão ambiciosa: chamar as pessoas à consciência sobre o que comem. Este, que deu origem à série 'Cooked', da Netflix, é dividia em quatro capítulos: água, fogo, terra, ar. Autor: Michael Pollan. Editora: Intrínseca (R$ 29,94). 

EXPERT EM VINHOS EM 24 HORAS
Com texto saboroso e muita esperteza, a crítica Jancis Robinson promete transformar você em especialista em apenas 24 horas. Em poucas páginas, ensina como se virar com uma carta de vinhos (não se acanhe em dizer ao sommelier quanto quer gastar), discute os mitos (nem sempre Velho Mundo é melhor que Novo Mundo; rosé e doce não são só para mulheres), dá dicas para beber melhor (fique esperto no corpo do vinho e no peso da comida na hora de harmonizar). Jancis também discorre sobre as castas mais plantadas no planeta e sobre as regiões vitivinícolas. Autora: Jancis Robinson. Editora: Planeta (R$ 33,90). 

O FRANGO ENSOPADO DA MINHA MÃE – CRÔNICAS DE COMIDA
Leitura obrigatória para quem gosta de ler e de comer, qualquer que seja a ordem de preferência. É uma compilação de crônicas publicadas na coluna de Nina, no jornal 'Folha de S. Paulo' nos últimos 20 anos. São histórias deliciosas, como a da comida da mãe, que preparava o frango ensopado sem rival, que dá nome ao livro. E que ela, “o terror dos galinheiros por quase um século”, sabia o momento exato de colocar a água na panela pelo som do frigir, não pelo aspecto do frango ou pelo tempo. Autora: Nina Horta. Editora: Companhia das Letras (R$ 33,23). 

Se interessou por esses livros e quer começar a ler hoje mesmo? Então corra para as melhores livrarias em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui. Para qualquer outra região do Brasil, clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal