Relaxe em banheiras e ofurôs

Os poderes relaxantes de um bom banho de banheira ou de ofurô são conhecidos há muitos séculos. Mas, mesmo na agitada vida moderna, até quem não mora em uma residência grandiosa pode ter esse agradável benefício, uma vez que estão disponíveis no mercado em inúmeros modelos, dos mais diversos tamanhos e preços.

Mais comuns no Brasil, as banheiras podem tanto oferecer somente a imersão quanto recursos de hidromassagem, que combina jatos de água e ar. Já o ofurô - cuja origem remonta ao Japão antigo - possibilita à pessoa apenas se sentar de modo mais convencional e até receber uma hidromassagem.

Nem mesmo a escassez de água enfrentada por moradores de algumas regiões brasileiras constitui motivo para alguém se privar desse prazer, afirma Vania Velloso, gerente de marketing da fabricante de banheiras e ofurôs Pretty Jet. Afinal, ela compara, um banho de ducha de aproximadamente 15 minutos consome, em média, 243 litros de água, enquanto banheiras ou ofurôs individuais têm capacidade média de 150 a 200 litros. "A água utilizada para encher uma banheira pode ser usada para até duas crianças", ressalta.

As dimensões desses equipamentos variam bastante: um ofurô, por exemplo, pode ter comprimento mínimo de um metro, e uma banheira, geralmente, pelo menos 1,50 metro. Começam a surgir versões um pouco menores, concebidas para as reduzidas dimensões de muitos modernos apartamentos. Além de dispor de área suficiente para acomodar o equipamento, quem pretende ter uma banheira ou um ofurô, lembra Vania, provavelmente precisará considerar também a necessidade de um espaço adicional livre - de pelo menos 40 centímetros -, situado à frente, para as possíveis manutenções das bombas acionadoras da hidromassagem.

Banheiras e ofurôs podem hoje trazer recursos adicionais - além de hidromassagem -, como luzes LED para cromoterapia e sistemas geradores de bolhas de ar massageadoras. Com um mínimo de R$ 2 mil consegue-se comprar um modelo mais simples, porém, de boa qualidade e já com a bomba. É importante verificar se o equipamento traz a obrigatória certificação do Inmetro, que atesta sua segurança.