Escolher a porta certa faz diferença

As portas ganham destaque maior nas residências, deixando para trás os modelos mais comuns, com dobradiças colocadas em uma das laterais do batente. Há, atualmente, vários outros tipos disponíveis nas lojas, com os quais é possível tanto economizar espaço quanto conferir toques diferenciados aos vários ambientes.

Márcia Masson, gerente de mercado de esquadrias da Telhanorte, rede especializada em materiais para construção e reforma, explica a seguir sobre os vários tipos de porta, seus diferenciais e potenciais usos:

  • Porta de correr: excelente para varandas, salas, copas, quartos e casas de campo, funciona pelo deslizamento de suas folhas (podem ter até quatro). Produzida em aço, alumínio ou madeira - com ou sem venezianas -, proporciona luminosidade e espaço livre ao ambiente.
  • Porta sanfonada: sinônimo de economia de espaço, seus movimentos são similares aos de uma sanfona (daí seu nome), dobrando e desdobrando sobre si mesma, mas se mantendo sempre presa a um trilho. “Elas têm fácil instalação e  são ideais para banheiros, lavabos, lavanderias, cozinhas e dispensas. Indicadas também como divisões em áreas comerciais, como consultórios médicos”, detalha Márcia.
  • Porta Camarão: composta pela junção de duas folhas unidas entre si por dobradiças - e encaixadas a um batente e a um trilho -  dobra-se sobre si mesma quando aberta. "É um modelo funcional e confere estilo a ambientes internos”, diz.
  • Porta Pivotante: gira em torno de um eixo vertical, por isso demanda espaços mais amplos. Tem design arrojado e, de acordo com Márcia, sua instalação é simples, pois exige apenas a colocação de um pino - o chamado 'pivô' - nas partes superior e inferior. Indicada para compor o hall de entrada do imóvel.
  • Porta de Abrir: o modelo mais comum no mercado. As melhores são as sólidas ou maciças, produzidas em painéis maciços de madeira reflorestada, altamente duráveis e capazes de proporcionar ótima vedação contra ruídos. "Esse modelo é mais utilizado em ambientes internos - como quartos e banheiros - ou na entrada de apartamentos, agregando a garantia de segurança", acrescenta.

Além do valor financeiro, avalie a qualidade do material, levando em conta a durabilidade da porta. Converse com um especialista antes de fechar a compra.