Como montar um jardim gastando pouco

Criar um belo jardim em casa é o desejo de muitas pessoas. Esse cantinho mágico acaba sendo apreciado não só pelo dono, mas também pelas visitas. Uma das preocupações mais recorrentes na hora de tomar a decisão por fazer um jardim, no entanto, é se o custo benefício e a manutenção vão demandar muito dinheiro. 

Segundo a paisagista Kelly Abramo, o valor do investimento varia muito em função do tamanho e dos materiais utilizados. “Em um jardim pequeno de, por exemplo, 12 m² podemos gastar R$ 2 mil ou dez vezes mais no mesmo espaço”, aponta.  Uma dica preciosa na hora de contratar um profissional especializado é deixar claro quais são as expectativas em relação ao jardim desejado, assim como o valor disponível para o investimento.

Existem empresas que atendem o cliente desde o projeto até a manutenção, mas para Kelly Abramo nem sempre esta pode ser a melhor decisão. “Muitas vezes uma ótima equipe de manutenção não terá um bom paisagista, com ideias criativas para o projeto”. E, sim, é possível que as pessoas da casa cuidem muito bem do jardim, precisando apenas obter as orientações necessárias para cada uma das espécies plantadas. Mas é preciso dedicar algum tempo para isso. Afinal, as plantas e flores são seres vivos e têm necessidades de poda, limpeza, cuidados com pragas e, principalmente, de água regularmente.

Os jardins verticais são uma ótima opção para varandas porque não ocupam espaço, além de decorar o local com muito verde e criatividade. Entre as várias opções de decoração está a mudança do piso e das paredes, com o uso de materiais como bambu, madeira, vasos, móveis e até fontes. Os valores a serem gastos dependem do orçamento de cada família, lembrando que com criatividade e bom gosto é possível criar um ambiente aconchegante sem comprometer o orçamento.