9 dicas para decorar quarto de criança

Criança são curiosas, desorganizadas, fazem muitas coisas ao mesmo tempo. E seus quartos - onde acontece boa parte do desenvolvimento intelectual e emocional, exercitando a imaginação - devem oferecer condições de exercer essa curiosidade e aproveitar sua energia, sem com isso deixar de garantir sua segurança. Aqui, a designer de interiores Ana Lúcia Adriano dá dicas para decorar quartos de crianças simultaneamente funcionais, lúdicos e seguros.

  1. Em quartos para bebês não pode faltar um trocador - pode ser uma cômoda ou gaveteiro -, onde sejam guardadas fraldas e pomadas, e esteja localizado em um lugar onde não seja necessário deixar o bebê sozinho.

  2. Crianças com idade entre 1 e 6 anos necessitam de quartos com redes de segurança, protetores do tomadas, segurança para armários e gavetas. Tudo isso e uma decoração colorida, onde possam se imaginar em diversas situações. "Os pisos vinílicos e os papéis de parede auxiliam nesse tipo de decoração ", recomenda.

  3. Filhos crescem e suas necessidades mudam: pode-se, então, pensar em uma decoração cujos móveis tenham funções modificadas com o decorrer do tempo. A mesinha com graduação de altura, por exemplo, servirá inicialmente para brincar de massinha e depois para estudar. Já um berço multifuncional terá suas grades retiradas, transformando-se em uma cama de solteiro.

  4. Os pais podem pensar que o quarto do menino deve ser azul, o da menina rosa, e o amarelo serve para ambos, mas já não é assim. "Meninas têm decorações lindas em quartos azuis, e pitadas de rosa, lilases ou roxos dão vida e um contraste bacana em alguns quartos de meninos", relata Ana Lúcia.

  5. O tema da decoração depende muito do gostos individual: os pais escolhem os temas quando os filhos são bebês, mas logo a criança começa a ter seus gostos e prefere um personagem ou assunto próprios. Isso deve ser respeitado.

  6. Almofadas, tapetes, persianas e cortinas vestem um ambiente, aconchegando e dando o necessário o colorido. "Para crianças alérgicas existem hoje tapetes, almofadas e cortinas lindas, antialérgicas, ou de fácil limpeza e manutenção", destaca.

  7. Móveis coloridos - como pequenas mesas e cadeiras - caem bem no universo infantil. Existem ainda camas com formatos mais lúdicos, como carros, barcos e carruagens.

  8. É importante sempre ter um lugar para guardar brinquedos. Nichos e caixas são perfeitos.

  9. A iluminação deve ser suave à noite - eficiente para o estudo - e natural para as brincadeiras durante o dia.

"Em qualquer projeto de decoração priorizar a facilidade de organização é item fundamental, mas em um quarto infantil ela é essencial", finaliza a designer.

Gostou das dicas? Encontre as principais lojas de artigos para decoração em São Paulo clicando aqui e do Rio de Janeiro aqui! Em outra região clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal