Vai viajar? Cuide do carro antes!

Viajar, de férias ou a passeio, significa também buscar alguns momentos descontraídos e relaxados, livres de grande parte dos aborrecimentos cotidianos. Um problema com o automóvel pode, porém, comprometer esse objetivo e até mesmo impossibilitar a continuidade da viagem. Mais grave ainda: pode colocar em risco a integridade física de todos os seus ocupantes. 

Medidas preliminares minimizam bastante a possibilidade de ocorrência desse tipo de problemas. Alguns podem até parecer banais, mas são muitas vezes negligenciados, observa Cláudio Guimarães, gerente geral da Personal Car, empresa especializada em gerenciamento de veículos, responsável por cerca de 6,5 mil veículos, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas. "Mesmo os cuidados mais simples contribuem para reduzir significativamente a probabilidade de acidentes e outros contratempos, como quebras e multas", ressalta.

Ele recomenda: caso detecte algum indício de problema, antes de viajar o proprietário do veículo deve necessariamente procurar um mecânico de sua confiança. "Na verdade, as condições de um veículo devem ser verificadas periodicamente, mesmo sem o motivo de uma viagem", enfatiza.

Confira, a seguir, algumas de suas dicas:

- Certifique-se se estão presentes no carro - e em boas condições de funcionamento - o triângulo, macaco e chave de roda, indispensáveis para uma eventual troca de pneus.

- Confira se o extintor está ali e dentro do prazo de validade. Uma nova legislação exige que todos os extintores de automóveis sejam do tipo conhecido como ABC, já colocado pelas montadoras nos veículos produzidos a partir de 2005.

- Cheque as condições de pneus e rodas - pneus com sulcos inferiores a 1,5 mm já estão sem as melhores condições de uso -, e também se eles estão alinhados, balanceados e calibrados. É importante confirmar também se o estepe está em boas condições e calibrado.

- Verifique os índices dos diversos óleos e fluidos. Por exemplo, o óleo do motor (caso necessário, se for trocar o óleo, troque também o filtro do óleo). Avalie também os fluidos de direção hidráulica e de freios. É importante verificar o chamado líquido de arrefecimento - mais conhecido como água do radiador -, cuja ausência pode provocar não apenas a necessidade de interromper a viagem, como também gerar prejuízos significativos pelos impactos no cabeçote e em outros componentes do motor.

- Confira o funcionamento de faróis e lanternas: farol alto e baixo, lanternas, luz de freio e, se houver, também farol de milha e de neblina.

- Importante verificar o sistema de freios: pastilhas, disco, fluido, tambor etc. Caso note algo estranho - algum ruído diferente, por exemplo -, antes da viagem procure o auxílio de um especialista.

- Também é recomendável uma análise das palhetas ou dos refis do limpador do para-brisa, para verificar se estão rasgadas, soltas, ressecadas ou danificadas. Veja também o nível de água e detergente no reservatório dessas palhetas, imprescindíveis em caso de chuva durante a viagem.

- Finalmente, confirme se está em dia a documentação do veículo e do condutor: o licenciamento, o impostos e a CNH.