5 dicas para lavar carro a seco

Reduzir o consumo de água é fundamental para qualquer pessoa com um mínimo de interesse pela preservação do meio ambiente, ainda mais na crise hídrica hoje manifestada em várias regiões brasileiras. Como consequência, ganham maior espaço os métodos de lavagem a seco, já consolidados no mercado de limpeza de roupas e em ascensão no ramo dos automóveis.

A lavagem a seco de veículos, especificamente, pode ter vantagens também utilitárias, além das ecológicas: "Reduz quase totalmente o atrito do pano com a pintura, mantendo-a por mais tempo com seu aspecto original", afirma Lito Rodrigues, sócio-fundador da DryWash, rede de lavagem a seco hoje com mais de cem unidades espalhadas pelo país e com soluções de limpeza a seco baseadas em cera de carnaúba. Esses produtos aglomeram as partículas da sujeira e assim possibilitam sua remoção com pano.  

O método também dispensa a necessidade de um espaço próprio - pois nada é molhado -, podendo ser feito em estacionamentos e garagens de empresas e de condomínios. Como garante Rodriguez, esse método tem se mostrado bastante eficaz: "Em nossa rede de prestação de serviços e nos clientes que compram nosso produtos para uso doméstico, o índice de satisfação é superior a 95%", ele afirma.  

Na DryWash, a lavagem de um veículo pequeno ou médio custa entre R$ 45 e R$ 60. Mas, com os produtos necessários, pode-se fazer pessoalmente a limpeza (no site da DryWash um kit para seis lavagens custa R$ 79,90).

Para desempenhar essa tarefa, podem ser úteis as cinco dicas abaixo:

1 - A limpeza deve ser feita preferencialmente à sombra, com o veículo frio. Comece pela parte superior do automóvel e vá descendo.

2 - Com um borrifador, o produto deve ser aplicado diretamente na pintura. Se for utilizado um baldinho ou outro tipo de recipiente, o pano deve se imergido na solução e após retirada do excesso passado na lataria.

3 - Mude para uma face limpa do pano quando a que estiver sendo usada ficar carregada de sujeira.

4 - Limpe com movimentos leves circulares uma pequena área de cada vez. Antes que o produto seque retire-o - juntamente com a sujeira - com um pano.

5 - Para dar acabamento e melhorar o brilho, no final utilize uma flanela ou pan de microfibra.

    Vale a pena experimentar e ver qual sistema – a seco ou com água - mais lhe agrada. Acima de tudo, no entanto, pense no meio ambiente e no futuro do nosso planeta.

Gostou das dicas? Encontre lava-rápidos em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui! Está em outra região? Clicando aqui!

#PasseAntesNoiLocal