Atenção com o pet nas férias

Cães e gatos são companheiros de todos os dias. Há momentos, porém, em que a necessidade obriga ao afastamento temporário dos nossos “melhores amigos”. Férias é bom para o descanso e isso não significa deixar os animais estressados e solitários. Para esses momentos é preciso tomar decisões. 

Deixar o cão ou o gato com amigos, vizinhos ou familiares ou num hotel? Para Raquel Lenarduzzi, protetora independente de animais domésticos e responsável por 55 animais em Cotia (SP), ficar em hotel é a melhor opção. “Esses estabelecimentos estão preparados para receber e tratar dos bichinhos. Ao contrário do vizinho que, muitas vezes, desconhece os hábitos dos animais e, ao invés de ajudar, acaba trazendo transtorno”.

Hotéis que oferecem estadia aos bichos têm infraestrutura adequada. Mas antes de decidir por qual contratar convém fazer visita em vários e estar com a carteira de vacinação (V10, raiva e respiratória) em dia, alerta Raquel Lenarduzzi. “Procure com certa antecedência, pois muitos estão lotados no período de férias do final e meio do ano. Preste bastante atenção nas instalações, nos animais que estão hospedados e nas atividades desenvolvidas com eles”.

Raquel vai além e afirma ser essencial prestar atenção em quantos animais ficam juntos. Alguns hotéis exigem que os bichinhos usem a coleira Scalibor, que protege contra a erlichiose (infecção severa no sangue causada por bactéria transmitida pelo carrapato marrom contaminado) e a leishmaniose (zoonose comum ao cão e ao homem, transmitida pela picada de mosquito-palha). Há casos em que os animais são alérgicos à própria coleira.

Ao dar entrada é comum o animal ser inspecionado para a detecção de pulgas e carrapatos. Caso constatado é aplicado um produto de combate específico para evitar a contaminação do ambiente. Esses fatores são primordiais para evitar que o pet adquira ou transmita alguma doença.

No geral, os hotéis mantêm ‘apartamentos’ e área de recreação. Logo cedo os animais são levados para esticar as pernas e fazer as necessidades. Nesse momento a equipe de monitores providencia a limpeza dos espaços individuais.

Piscina, bolinhas, corrida e colo fazem parte da rotina diária dos monitores. É comum os proprietários levarem pertences dos animais como caminha, cobertores para o inverno, alguns brinquedos preferidos e até peça de roupa com o cheiro do dono. É uma forma de amenizar a saudade. Em períodos de sete dias ou mais é comum estar incluído o banho.

Encontre no iLocal um Pet Shop para o seu melhor amigo, clicando aqui!