Vinagre, um aliado da dieta

O vinagre é um dos temperos mais utilizados no Brasil e por ter baixo valor calórico - uma colher de sopa tem aproximadamente 1,28Kcal -, é considerado um aliado nas dietas. Além de ajudar a diminuir a silhueta, o líquido azedinho possui propriedades antioxidantes que contribuem na redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e crônicas. Por ser altamente diurético, também auxilia no tratamento da hipertensão arterial. 

Segundo Karin Klack, nutricionista do Hospital das Clínicas, ligado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), estudo publicado no Journal of Food Chemistry demonstrou que quem consome vinagre diariamente apresenta menores índices de massa corpórea, níveis de triglicérides e da circunferência abdominal. Outro benefício associado ao produto é o aumento da solubilidade do cálcio, contribuindo para a melhor absorção desse mineral, protegendo ossos e músculos. O excesso, porém, pode causar azia e queimação, além de ser prejudicial em casos de gastrite.

Existem registros da existência do vinagre no Egito antigo, onde era usado como medicamento. Conheça, agora, alguns tipos do tempero.

Vinagre de vinho: Possui enzimas como a pectina, considerada benéfica para a função cardiovascular. É o segundo tipo mais consumido no Brasil. Muito utilizado como tempero para saladas e para marinar carnes.

Vinagre balsâmico: Favorece a secreção do suco gástrico, facilitando o processo digestivo. Utilizado em preparação de doces e salgados como carnes, peixes e em molhos, legumes e saladas.

Vinagre de maçã: Antioxidante, combate os radicais livres e retarda o processo de envelhecimento. É o tipo menos ácido, sendo utilizado em temperos, saladas e preparações agridoces.

Vinagre orgânico: Proporciona inúmeros benefícios à saúde por manter as propriedades nutricionais do alimento de origem.

Vinagre aromático ou condimentado: Extraído de vegetais, sucos, condimentos, ervas e frutas. Tempera saladas e molhos para sobremesas como sorvetes, mousses, panquecas e waffles.

Vinagre agrin branco ou tinto: Não traz muitos benefícios à saúde. É proveniente da fermentação acética de uma mistura de álcool etílico potável (90%) e vinho (10%). É o tipo mais ácido e o mais utilizado na culinária brasileira.

Vinagre de cereais: O vinagre proveniente do arroz é obtido por 100% da sua fermentação. Tem sabor suavemente adocicado e é o mais delicado de todos os vinagres. É mais utilizado na cozinha oriental para elaboração de pratos e temperos.