Peixes: saudáveis e saborosos!

Peixe é alimento bastante saudável: contém grande quantidade de proteína, diversas vitaminas, minerais indispensáveis para  o organismo humano, como sódio, ferro, cobre e zinco. Além disso, a maioria de suas gorduras são insaturadas. "Dependendo da espécie, a gordura pode representar somente 1% do peso de sua carne", destaca Daniela Castellani, pesquisadora científica do Instituto de Pesca da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Existem cuidados específicos para cada forma de comercialização de peixe (veja dicas abaixo).

Também é importante ficar atento às condições de higiene do estabelecimento comercial, assim como de seus equipamentos - casos de balanças e facas - e dos profissionais que ali atuam. "Somente deve ser comprado o pescado que estiver mantido em gelo picado ou balcão frigorífico", ressalta Daniela. "O principal risco para a saúde é, porém, deixar de consumir alimento tão saudável, como é o caso do peixe", comenta.

Veja a seguir algumas dicas importantes para a hora da compra:

Peixe fresco - Seu aspecto externo deve ser muito semelhante ao do peixe vivo: corpo firme e resistente, com o ventre normal, nem murcho e nem inchado. A rigidez da carne é excelente indício de que sua morte é recente, mas é importante observar se ela não é devida ao congelamento. Se houver oportunidade, pressione a carne com o dedo e veja se volta facilmente ao normal (o que não acontecerá em caso de congelamento).

No caso de peixes de escamas, estas não devem se soltar com facilidade. E o olho do peixe deve estar brilhante: evite olhos “esparramados” e turvos, que indicam deterioração. As guelras (brânquias) devem estar vermelhas ou rosadas.

Evite também peixe com cheiro ácido ou azedo e forte (indícios de má conservação). O peixe fresco deve ser apresentado para venda sobre muito gelo, na proporção de pelo menos 1kg de gelo para 1kg de peixe.

Peixe congelado - O compartimento onde está armazenado deve ter temperatura de, no mínimo, 18º C e a embalagem precisa estar hermeticamente fechada, sem gelo solto por dentro. Lembre-se: o peixe pode ser congelado, mas nunca por mais de uma vez. height:150%;mso-layout-grid-align:none; text-autospace:none'>No caso de peixes de escamas, estas não devem se soltar com facilidade. E o olho do peixe deve estar brilhante: evite olhos “esparramados” e turvos, que indicam deterioração. As guelras (brânquias) devem estar vermelhas ou rosadas.

Evite também peixe com cheiro ácido ou azedo e forte (indícios de má conservação). O peixe fresco deve ser apresentado para venda sobre muito gelo, na proporção de pelo menos 1kg de gelo para 1kg de peixe.

Peixe salgado - Não deve apresentar manchas escuras ou avermelhadas. De preferência deve apresentar-se em peça inteira – sem estar desmanchando -, e o sal espalhado na superfície deve ter aparência homogênea. ragment--> height:150%;mso-layout-grid-align:none; text-autospace:none'>No caso de peixes de escamas, estas não devem se soltar com facilidade. E o olho do peixe deve estar brilhante: evite olhos “esparramados” e turvos, que indicam deterioração. As guelras (brânquias) devem estar vermelhas ou rosadas.