Doce diet ou light na dieta? Saiba mais!

  Diet ou light? Quem já não teve essa dúvida quando a ordem é restringir calorias ou açúcar na dieta? Os doces lights não contêm açúcar ou são preparados com menor quantidade, além de terem menor teor de gorduras. Os diets, por sua vez, são feitos sem adição de açúcar, porém, com maior adição de gorduras, o que faz com que sejam mais calóricos.

  “Os produtos dietéticos costumam ter mais calorias do que os considerados normais (ou lights), isto devido ao aumento na quantidade de algum ingrediente utilizado para manter a mesma consistência ou textura do produto considerado normal, como por exemplo, a gordura utilizada no chocolate”, explica Cristina de Souza Marques, nutricionista chefe da seção de Dietética Experimental do Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

  Segundo ela, a indicação de moderação no consumo de produtos dietéticos varia de acordo com o peso de cada pessoa. “Um adulto de 60 quilos pode consumir diariamente até 2.400 mg de aspartame, o que equivale a cerca de 60 sachês de 1g de adoçante ou quase 4 litros e meio de refrigerante adoçado só com aspartame”, ensina.

  Para obter mais informações e sanar dúvidas, a profissional indica o site da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (www.abiad.org.br). Na cartilha sobre adoçantes há explicações detalhadas sobre o uso e as quantidades indicadas.  

  Cristina realça que, sempre que for possível, é melhor preparar os doces com ingredientes conhecidos e naturais como frutas para fazer compotas ou bolos caseiros dietéticos ou lights. “O preparo está sob a sua supervisão, assim como os ingredientes utilizados. Por exemplo, numa geleia de amora, ou outra fruta, se for preparada em casa, você não irá adicionar conservantes nem corantes artificiais e, portanto, terá menos produtos industrializados no seu doce”.

  Outra dica da especialista é incluir no cardápio gelatinas, smoths, picolés a base de frutas, manjar, iogurtes ou sucos prontos, e sempre evitar frituras como sonhos e churros. “Podemos comer doces sem sentir culpa, basta saber o que comer e quanto comer”, diz.