Emagrecer é muito mais do que 'fechar a boca'; Aprenda!

"Preciso emagrecer". Essa, com certeza, é uma das frases mais ditas por grande parte da população mundial e eu aposto que, ao menos em uma ocasião na sua vida, você também já se sentiu acima do peso e querendo perder alguns quilos. Porém, para conseguir emagrecer não basta apenas "fechar a boca" e simplesmente parar de comer, para ver se assim perde peso. Para que sua dieta dê certo, alguns fatores são primordiais, como por exemplo a sua cabeça. Ela precisa estar totalmente de acordo com as suas necessidades para que você não cometa erros que vão comprometer e muito a sua dieta. Confira algumas dicas importantes de pensamentos e hábitos que você deve evitar na hora de emagrecer:

1. Pensar negativamente
Qualquer pensamento ou crença negativa atrapalha o emagrecimento. Evite repetir expressões como: "engordo até com água", "nasci para ser gordo" e "nunca vou conseguir emagrecer". Essas frases mandam comandos negativos para cérebro e ele não vai se esforçar nem um pouco a seu favor.

2. Expressar-se de forma incerta
Todas as metas e objetivos devem ser expressas no positivo. Nada de dizer: "quero perder dez quilos". Em vez disso, prefira: "Eu vou pesar 50 quilos" - ou o peso que você quiser.

3. Comer rápido
Um dos piores hábitos é comer rápido demais. Isso porque você não consegue saber se já está satisfeito, acaba comendo mais do que deveria e quando para de comer está estufado. O ideal é que entre uma porção e outra você apoie os talheres no prato e dê um tempo.

4. Não prestar atenção na refeição
Comer andando, vendo TV, mexendo no celular etc. Se comemos com algum tipo de distração, nem percebemos que estamos comendo e muito menos o quanto. Segundo nutricionistas é preciso apreciar a comida, sentir o sabor e a textura.

5. Viciar em diets e lights
"Um hábito muito errado é comprar tudo diet e light", afirma a nutricionista Pollyana Esteves. Não é isso que vai fazer você emagrecer. Será difícil manter esse tipo de dieta por muito tempo. Segundo a profissional, o ideal é comer o que tiver vontade. "Basta saber quando começar e quando parar de comer", afirma. 

6. Descontar os problemas na comida
Muita gente exagera por questões emocionais. Se o trabalho foi cansativo, se brigou com o namorado... Cole um bilhete na geladeira com a mensagem: "se eu comer, o que estou sentindo vai passar?". Se a resposta for não, você não está com fome e não há comida que tampe o buraco de algum problema emocional. "Você come e a sensação não passa. A situação ficará pior, porque você se sentirá frustrado por ter comido mais que deveria", diz Pollyana.

7. Ficar longos períodos em jejum
Não espere ficar faminto pra comer. Quando você faz isso, seu corpo começa a acumular gordura como proteção. "A fome excessiva também fará com que você coma mais do que o necessário", explica a nutricionista. "Já experimentou ir ao mercado com fome? Seu cérebro faz você pegar todas as guloseimas que vê na frente."

8. Limpar o prato
Sabe aquela regra que as mães determinam de não deixar comida no prato? Segundo Pollyana, ela é ruim, porque acaba forçando a pessoa a continuar comendo mesmo estando saciada. "Ao primeiro sinal do seu corpo de que está satisfeito, pare de comer imediatamente", afirma.

9. Focar nos pontos negativos do corpo
Temos mania de nos concentrar no que não gostamos ou não queremos. "Odeio minha barriga" ou "não gosto da minha perna" são frases comuns. Foque nos aspectos positivos do seu corpo e no que você deseja para ele.

10. Traçar metas impossíveis
É importante alinhar a autoimagem. O que isso significa? Você pode ser magro, mas tem que respeitar o seu biotipo. "Se sua autoimagem estiver distorcida, nada o deixará satisfeito", diz Pollyana. "Você só conseguirá o corpo que quer fazendo as pazes com o que tem", conclui.

Gostou das dicas, mas acredita que necessita de uma recomendação profissional antes de iniciar sua dieta? Encontre os melhores nutricionistas em São Paulo clicando aqui e no Rio de Janeiro aqui! Em outra região, clique aqui!

#PasseAntesNoiLocal